Construções Sensíveis: A experiência Geométrica Latino-Americana na Coleção Ella Fontanals-Cisneros

June 21, 2018

0 | 0 | 0 | 0

A exposição Construções Sensíveis: A experiência Geométrica Latino-Americana na Coleção Ella Fontanals-Cisneros traz ao Brasil um recorte da abstração em nosso continente. Junto ao importante legado do concretismo e neoconcretismo brasileiros, são apresentadas as poéticas abstratas que prosperaram em outros países a partir dos anos 1930. Este diálogo entre tendências artísticas coloca em perspectiva as particularidades e contribuições do Brasil às experiências geométricas como parte de um contexto regional e não como um caso isolado. O diálogo entre os artistas e grupos formados em países como Brasil, Argentina, Uruguai, Cuba, Venezuela, Colômbia e México é potencializado pela exposição. Mesmo nos casos em que não existem vínculos históricos comprovados entre artistas de diferentes latitudes, os nexos podem ser estabelecidos a partir de uma sensibilidade comum evidente, que filia as tendências derivadas do construtivismo como paradigma estético. A ‘vontade construtiva’, que animara aqueles artistas, está na base dos discursos singulares que cada grupo defendera.

Trata-se de uma exposição pensada especialmente para o Brasil e presta uma sutil homenagem à mostra Arte Agora III, América Latina: Geometria sensível que, em 1978,ocupou o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e fora destruída por conta de um trágico incêndio. Muitos artistas apresentados naquela histórica ocasião estão presentes aqui, como representação das tendências pioneiras na região, agora junto a artistas contemporâneos que apontam para os rumos da abstração hoje.

 

  • Rio de Janeiro 27.06.18 a 17.09.18 – Centro Cultural Banco do Brasil
  • Belo Horizonte 12.10.18 a 07.01.19 – Centro Cultural Banco do Brasil

Ficha Técnica

    Curadoria

  • Ania Rodriguez
  • Rodolfo de Athayde
  • Coordenação Geral

  • Ania Rodríguez
  • Gerenciamento de Projeto

  • Jennifer McLaughlin
  • Direção de Montagem

  • Karen Ituarte
  • Gestão Financeira

  • Lisiany Mayão